19 de julho de 2024   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Resta agora à Junta empreender o mesmo trabalho para as escolas do ensino técnico elementar e médio, trabalho que se afigura mais complexo, dado o número mais elevado de escolas deficientemente instaladas e em virtude, mesmo, da diversidade de programas de ensino nelas ministrado.
Nestas circunstâncias, e com vista a não demorar a realização de um plano mais vasto do que o das instalações liceais – e, parece-nos, de mais premente necessidade –, já concluiu a Junta o estudo de um projecto de instalações para o ensino técnico elementar, de que trata o decreto-lei n.º 36.409, de 11 de Julho de 1947. Nesse projecto um criterioso ajustamento de corpos de edifícios permite adaptar as instalações a qualquer terreno e garantir-lhes as melhores condições de orientação.
Para o estudo destas instalações escolares voltou a Junta a ponderar os mesmos princípios que fora levada a abandonar para a instalação dos liceus, com o fim de simplificar os exteriores arquitectónicos e de dispor as salas de aulas dos dois lados de corredores centrais.
Pareceu-nos que prevaleciam, neste caso, os motivos que fundamentarem este critério, em face do carácter deste ensino e do volume considerável de obras a executar em curto espaço de tempo e que não necessitam de ser singularizadas.
Encontra-se assim a Junta habilitada a desenvolver o plano de construções destas escolas, aprovado pelo citado decreto, no ritmo que pelo Governo lhe for determinado.
Para as escolas do ensino profissional tem igualmente a Junta estudado já um primeiro plano, que abrange as instalações reputadas mais urgentes, mas cujo início de realização depende ainda, à data em escrevemos estas linhas, da publicação do decreto que aprova o respectivo regulamento.

Alexandre Alberto de Sousa Pinto
Engenheiro Administrador-Delegado da Junta das Construções
para o Ensino Técnico e Secundário

D. José de Alencastre e Távora
Presidente da Junta das Construções para o Ensino Técnico
e Secundário

(Parte XLV de …)


15 Anos de Obras Públicas – 1.º Vol. Livro de Ouro 1932-1947 (045)

(Fonte: 15 Anos de Obras Públicas – 1.º Vol. Livro de Ouro 1932-1947 – Construções para o Ensino Técnico e Secundário – Alexandre Alberto de Sousa Pinto, Engenheiro Administrador-Delegado da Junta das Construções para o Ensino Técnico e Secundário e D. José de Alencastre e Távora, Presidente da Junta das Construções para o Ensino Técnico e Secundário)

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES