5 de dezembro de 2023   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Os laboratórios de engenharia civil viram-se, assim, incumbidos de uma ampla e complicada função, da qual têm procurado desempenhar-se pondo à disposição engenheiro novos processos – por vezes únicos – de delineamento das suas obras; criando, em íntima ligação com a indústria, novos materiais de construção, racionalizando o seu emprego e enunciando novos processos construtivos, com o fim de aumentar cada vez mais a perfeição, a rapidez de execução e a economia das construções; intervindo, quer durante a execução das obras quer após a sua conclusão, umas vezes para verificar o satisfatório preenchimento das condições previstas, outras vezes para deduzir conclusões aplicáveis ao aperfeiçoamento de obras futuras da mesma natureza.
O grande desenvolvimento das obras públicas e particulares no nosso País despertou, naturalmente, crescente interesse pelo novo campo, de ilimitadas possibilidades, oferecido à engenharia civil pela investigação experimental.
As primeiras demonstrações deste interesse foram trazidas por tentativas dispersas – algumas meramente individuais – que, embora contrariadas por dificuldades óbvias, lograram, com frequência, alcançar resultados notáveis, de que beneficiaram muitas obras das mais importantes ultimamente projectadas ou executadas, e mostraram exuberantemente as possibilidades da investigação experimental em Portugal. Sem esquecer outros exemplos destas importantes iniciativas, precursoras desta intervenção directa das instâncias oficiais, há que fazer especial referência ao Centro de Estudos de Engenharia Civil, que durante alguns anos funcionou sob a égide do Instituto para a Alta Cultura, e no qual, durante o curto período da sua existência, se realizaram trabalhos que mereceram o interesse e o elogio de laboratórios estrangeiros contados entre os mais notáveis.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma característica muito notável do Laboratório de Engenharia Civil reside no facto, pouco frequente noutros países, de a sua actividade abranger todos os sectores de engenharia civil. Como é óbvio, esta circunstância, de que há a esperar as inestimáveis vantagens provenientes da coordenação e concentração de esforços e de meios de trabalho, foi uma das determinantes principais da orientação imprimida à organização interna dos serviços do Laboratório e do critério seguido no delineamento das suas instalações definitivas, particularmente no que se refere à sua localização.
A primeira consequência da universalidade dos objectivos do Laboratório é a multiplicidade das suas secções de trabalho. E todo o cuidado tem havido em não avolumar exageradamente de início o seu número, sem, por este facto, limitar de qualquer modo o vasto campo confiado à acção do Laboratório. À medida que a sua actividade se vá desenvolvendo, ao sabor das solicitações exteriores ou das oportunidades que se revelam à iniciativa própria, se verificará até que ponto e em que sentido convirá aumentar o parcelamento em secções especializadas, sem esquecer nunca que o rendimento do conjunto tenderá a diminuir à medida que se pormenorize a especialização e que qualquer exagero neste capítulo poderá vir a criar dificuldades insuperáveis à administração do Laboratório, forçosamente exercida em moldes de acentuada sobriedade.
Da aplicação prática destas considerações resultou adoptar-se a distribuição actual da actividade dos serviços do Laboratório de Engenharia Civil por dez secções de trabalho. A enumeração destas secções, arrumadas por três serviços, com a descrição, embora sumária, das suas atribuições, poderá dar uma ideia mais precisa da complexidade da tarefa do Laboratório e do seu grau de desenvolvimento actual ou imediato.


(Parte XVI de …)


15 Anos de Obras Públicas – 1.º Vol. Livro de Ouro 1932-1947 (016)

(Fonte: 15 Anos de Obras Públicas – 1.º Vol. Livro de Ouro 1932-1947 – Laboratório de Engenharia Civil – Eduardo de Arantes e Oliveira – Director do Laboratório de Engenharia Civil)

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES