28 de setembro de 2022   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Como dizia: «No dia 29 nada de positivo se sabia nesta cidade (Elvas).
Começaram a correr boatos de que qualquer coisa se passava com aspecto grave, mas só a 30, salvo erro, é que se recebeu o telegrama do general Alves Pedrosa, comandante da 7.ª Divisão, a que Elvas estava subordinada, perguntando se podia contar com aquela cidade para a Revolução.
«Acto contínuo realizou-se uma reunião a que presidi. Declarei, imediatamente, que me punha às ordens da Revolução e vi que era seguido por todos os oficiais, excepção feita ao comandante da Guarda Fiscal, que declarou não aderir...
«Tendo sido demitido da 4.ª Divisão e, portanto, sem comando de tropas, fiquei em Elvas, aguardando ordens, o que seria, naturalmente, a consequência lógica da nossa atitude.
«De facto, ao outro dia pela manhã, ainda eu estava deitado, chegou àquela cidade o então tenente-coronel Raul Esteves, acompanhado pelo alferes Carvalho Nunes, que logo me Procuraram.
«O tenente-coronel Raul Esteves disse-me, da parte do general Gomes da Costa, que era, em virtude do Sul se encontrar parado, necessário ir eu para Évora assumir revolucionariamente o comando da 4.ª Divisão, então entregue ao coronel Viegas, um oficial distinto e sabedor, que servira sob as minhas ordens e me merecia grande consideração.
«Observei a Raul Esteves que não era assim tarefa muito fácil tomar, revolucionariamente, o comando duma Divisão. Mas se tal era necessário, que iria sem perda dum momento.
«Imediatamente se espalhou que eu ia sair para Évora, e então muita gente me cumprimentou com a maior simpatia. Logo apareceu o automóvel dum voluntário de cavalaria de Elvas, para me transportar, e no Sindicato Agrícola da cidade ofereceram-me um «Porto de Honra», em que ouvi as primeiras saudações à Revolução Nacional e grandes manifestações de agrado.
«Deu-se à saída de Elvas um incidente curioso. O rapaz que guiava o automóvel, naturalmente pouco experiente, atirou com ele contra um poste telegráfico, podendo daqui resultar o fracasso, ou pelo menos o retardamento, da minha missão. Felizmente o poste, como tudo, aliás, estava podre e não resistiu ao choque, caindo miseravelmente. O meu começo de serviço parece que profetizava um bom fim…

(Parte XXXIV de…)


A Arrancada de 28 de MAIO de 1926 (34)

(Fonte: Óscar Paxeco - 1956 – A adesão do Sul e a acção de Carmona)

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES