1 de dezembro de 2020   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

(Continuação)

Minhas Senhoras,
Meus senhores:

Na sua prosa, que é sempre um esplendor – adrede escolhida, portanto, para reflectir o esplendor do Brasil, - contou-nos Augusto de Castro aqui mesmo, há poucos dias, haver alguém do «Foreign Office» estranhado o número demasiado de vezes em que, a propósito e a despropósito de tudo, do político ou do económico, do financeiro ou do literário, o Embaixador de França retorquia com a Batalha do Marne.
Tenho uma pequenina história, passado comigo, com o sabor de anedota também, que é uma perfeita tradução portuguesa daquela inflação verbal.
Um português do Brasil – por sinal um dos maiores realizadores da economia sul-americana de hoje – para sublinhar a sua incompreensão sobre certas divagações inoportunas, dizia-me assim de sua justiça:
- Imagine você. Fui a Portugal tratar de uma questão de algodões. Sabe com o que me responderam? Com espada de D. Afonso Henriques.
Verdade seja que esse homem (não quero que o julguem americanizado de todo), tinha feito igualmente a viagem pata vir à sua aldeia e cuidar do engrandecimento da respectiva escola primária.
Mas verdade seja também que vezes demais se tem desembainhado, com excessos de arreganho oratório, a espada do Fundador.
Dizia Gambetta, da Alsácia: «Pensez-y toujours, n’en parlez jamais». Não seja o saldo demasiado brusco e digamos apenas: «Pensons-y davantage, parlons-en moins».

(Continua)

Lugar e destino de Portugal: a Nau e a Tormenta (19)

Lugar e destino de Portugal: a Nau e a Tormenta – conferência feita na Sala de Portugal da Sociedade de Geografia de Lisboa, em 9 de Maio de 1942. Na sessão solene de encerramento da «Semana Colonial» - Fernando Emygdio da Silva, prof. da Faculdade de Direito

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES