26 de março de 2017   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Do Doutor Oliveira Salazar
a Sir Ronald H. Campbell

Lisboa, 17 de Agosto de 1943.

Secretíssimo.

SENHOR EMBAIXADOR:

Com data de hoje, dirigiu-me V. Ex.ª uma nota do teor seguinte:
«Em resposta à minha nota de 16 de Junho último, teve V. Ex.ª a bondade de informar-me, na nota de V. Ex.ª de 23 de Junho, de que o Governo Português aceitava em princípio o pedido do Governo de Sua Majestade no Reino Unido para certas facilidades nos Açores mas considerava seu dever subordinar a utilização dessas facilidades ao exame prévio pelos dois Governos das considerações políticas, militares e económicas que o assunto comportava.
Foi enviada a Portugal no princípio de Julho urna delegação de técnicos britânicos para me auxiliarem na condução das conversações com o Governo Português nas linhas acima mencionadas. Em resultado destas conversas, chegaram o Governo de Sua Majestade no Reino Unido e o Governo Português a acordo sobre as condições que devem regular a utilização pelo Governo de Sua Majestade no Reino Unido de facilidades nos Açores como fica exarado no documento assinado hoje pelos chefes das delegações militares britânica e portuguesa, abaixo designado por acordo principal. O Governo de Sua Majestade tomou nota com satisfação da decisão do Governo Português de permitir a utilização das facilidades ali especificadas a partir de 8 de Outubro de 1943. Por sua parte o Governo de Sua Majestade no Reino Unido assume os compromissos para com Portugal também exarados no acordo principal.
Em vários pontos do acordo principal faz-se referência a acordos complementares ainda em discussão entre os dois Governos. Estes acordos complementares serão concluídos tão breve quanto possível e serão considerados como fazendo parte do presente acordo entre o Governo de Sua Majestade no Reino Unido e o Governo Português, o qual fica constituído pela presente nota e pela resposta de V. Ex.ª. Fica contudo entendido entre os dois Governos que o acordo principal entra em vigor desde a data da assinatura».
O Governo Português está conforme com o teor da nota que acabo de transcrever e concorda em que esse documento e esta minha resposta sejam considerados como a aprovação do que entre as delegações foi ajustado, constituindo assim o acordo a que chegaram os dois Governos.
Aproveito esta oportunidade para reiterar a V. Ex.ª os protestos da minha mais alta consideração.

Oliveira Salazar.

Política Externa Portuguesa (09)

Documentos relativos aos acordos entre Portugal, Inglaterra e Estados Unidos da América para a concessão de facilidades nos Açores durante a guerra de 1939-1945, MNE, Lisboa 1946. Resposta do Governo Português ao Governo de Sua Majestade do Reino Unido, em 17 de Agosto de 1943

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES