25 de setembro de 2017   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

O APROVEITAMENTO DO TEMPO LIVRE DO TRABALHADOR

Afim de aproveitar o tempo livre dos trabalhadores de forma a assegurar-lhes maior desenvolvimento físico e a elevação do seu nível intelectual e moral — foi instituída em Julho de 1935 a Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho ou F. N. A. T., que hoje dispõe de delegações no Porto, Coimbra e Évora e de vários serviços especiais (como o Gabinete de Heráldica Corporativa).
Vamos examinar sumariamente a obra por ela levada a efeito.

Educação física.

Em Julho de 1940 inauguraram-se os primeiros cursos de ginástica, que, dois anos depois, eram frequentados em Lisboa por mais de 1.000 trabalhadores de ambos os sexos e dispunham de dois amplos ginásios. Em 1942, começaram a funcionar os cursos e escolas de desportos: o de atletismo realizou-se no Estádio do Lumiar e o de natação na piscina do Jardim-Colonial, este último com 227 alunos.
Em 1941 tiveram lugar os primeiros Campeonatos Desportivos (futebol, natação e tiro), a que se seguiram, em 1942, os de «ping-pong e «basket-ball». O campeonato de futebol reuniu 500 jogadores, o de tiro 190 concorrentes e o de «basket» cerca de 400 praticantes.
Já em 1940 se tinham iniciado os torneios desportivos: tiro, atletismo, «basket-ball» (186 atletas), luta de tracção à corda (66 concorrentes) e natação, que têm prosseguido com certa regularidade desde essa época.
Em Dezembro de 1940, houve no Parque Eduardo VII, o primeiro «Festival de Ginástica. Em 1941, realizaram-se quatro (um dos quais, no Campo das Salésias, reuniu 1.000 atletas) — e, ultimamente, na festa da inauguração do Estádio Nacional, foi apresentada a classe feminina de ginástica, enquanto no «Estádio Afonso de Albuquerque», em Belém, privativo da F. N. A. T. vêm tendo lugar várias outras competições desportivas.

Cultura popular

Inaugurado em Abril de 1936, o Centro de Cultura Popular de Lisboa funcionou com uma frequência média de 200 alunos, em cursos de cultura geral, ensino primário e ensino comercial. Também a F. N. A. T. manteve muito tempo um jornal semanário, intitulado «O 1º de Maio» e tem realizado vários festivais de cultura, como a «Festa Popular do Livro de Leitura», e muitas excursões colectivas, nalgumas das quais se reuniram mas de 2.000 trabalhadores.
Em 1942 adquiriu uma aparelhagem portátil de cinema sonoro, com que vem realizando exibições de filmes culturais e recreativos, e tem em funcionamento quatro cursos de canto coral em Lisboa, e cinco grupos orfeónicos, masculinos, femininos e mistos.
Em colaboração com a Emissora Nacional, iniciou em Maio de 1941
os «Serões culturais e recreativos para trabalhadores», que desde então se realizam semanalmente (62 até Dezembro de 1942) e a que, só no primeiro semestre de 1943, assistiram cerca de 30.000 operários.

Cadernos da Revolução Nacional (14)

Manifesto ao Trabalhador, edições SNI – O APROVEITAMENTO DO TEMPO LIVRE DO TRABALHADOR, pág. 36 a 37

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES