11 de dezembro de 2017   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Politicamente o nosso século XIX viveu de outro postulado — Portugal mantém a sua independência devido a rivalidades das nações da Europa. (De vez em quando elevamos a divisa nacional as frases desoladas de um poeta). Sem força, sem dinheiro, sem missão específica no concerto das nações, não se via razão de ser na autonomia nacional:
Portugal arrastava por benefício de rivalidades alheias o peso da sua independência. Logicamente a actividade externa se devia reduzir à aliança inglesa e a aliança ao simples protectorado da nossa fraqueza medular. Não podia ser verdade, mas, se por desgraça o fosse ou tivesse sido, está vedado a um homem de Governo partir de uma ideia suicida.


O Problema Político Externo - Criação de uma Política Externa Portuguesa (08)

(«Portugal, a Aliança Inglesa e a Guerra de Espanha» — Discurso aos oficiais de terra e mar por ocasião do atentado de 4 Julho — «Discursos», Vol. II, págs. 305-306) – 1937

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES