22 de outubro de 2017   
>> PÁGINA INICIAL/TEXTOS
..:. TEXTOS

Era igualmente de fé que o País vivia economicamente da exportação de emigrantes e do ouro do Brasil. Teimei que não era exacto e que os nossos recursos, aproveitados por um trabalho ordenado e intenso, deviam dar-nos para que nos bastássemos modestamente. Fez-se a prova; fez-se a contraprova: a grande Nação brasileira é sujeita a uma das suas maiores crises, proíbe a entrada de emigrantes — também inibidos de procurar trabalho na América do Norte — e quase paralisa as transferências para o estrangeiro com fins não comerciais. Perdem-se milhões, não se aproveitam rendimentos auferidos em vários países, e a população portuguesa pôde viver, e a balança de contas é positiva, e sobem no mesmo período as reservas de ouro do País. Creio que esta experiência enterrou bem fundo o falso postulado da nossa vida económica.



As Riquezas Nacionais (02)

(«Portugal, a Aliança Inglesa e a guerra de Espanha» — Discurso aos oficiais das forças armadas por motivo do atentado de 4 de Julho — «Discursos», Vol. II. pág. 305) – 1937

Consultar todos os textos »»

 
Música de fundo: "PILGRIM'S CHORUS", from "TANNHÄUSER OPERA", Author RICHARD WAGNER
«Salazar - O Obreiro da Pátria» - Marca Nacional (registada) nº 484579
Site criado por Site criado por PRO Designed :: ADVANCED LINES